fbpx
corretora de seguros

O que é o Seguro Fiança?

O que é seguro fiança para locação?

O seguro fiança é uma garantia que a imobiliária ou locadores pessoa física tem que irá receber todos os aluguéis e eventuais despesas que o inquilino deixar de pagar.

Antigamente as imobiliárias e locadores pessoa física solicitavam ao inquilino que apresentasse um fiador para garantir o cumprimento do contrato de locação. Como isto na prática era meio complicado de conseguir (ninguém quer mais ficar de fiador), as seguradoras criaram o seguro fiança, que substitui o lugar do fiador comum.

As garantias que as imobiliárias e locadores pessoa física tem são:

  • Recebimento de aluguéis atrasados
  • Reparo de danos no imóvel
  • Custas com cotas de condomínio
  • IPTU
  • Taxas de água e luz
  • Despesas advocatícias.

As coberturas do seguro podem ser negociadas com a seguradora de acordo com as exigências do locador e com a capacidade de pagamento do locatário.

O seguro fiança é pago pelo inquilino e geralmente é diluída em prestações junto com o aluguel.

Quanto custa seguro fiança locatícia?

Este seguro custa em média o valor de uma parcela do seu aluguel. Em um contrato de aluguel de R$ 1.000 por mês, por exemplo, o valor do seguro fiança ficaria em torno de R$100,00 por mês, ou seja, seu aluguel total seria de R$1.100,00.

Qual o Seguro-fiança mais barato?

Isto vai depender muito de como está o seu CPF, se tiver muitos pontos de SCORE no SERASA, se está com o nome limpo, etc. Mas geralmente o preço é meio que padrão em todas as seguradoras, ficando em torno de uma parcela do aluguel mesmo.

O que é preciso para fazer um seguro fiança?

Os documentos necessários são:

  • CPF/RG;
  • Demonstrativo do Imposto de Renda na íntegra, caso tenha feito declaração no ano interior;
  • Caso inquilino já reside no imóvel alugado, será necessário apresentar os 03 últimos recibos de aluguel, acompanhados da cópia do contrato de locação do atual imóvel.

Como solicitar o seguro aluguel?

Após escolher o imóvel que irá alugar, você terá duas opções: solicitar ao locador do imóvel que indique um corretor de seguros para fazê-lo, ou, caso já conheça um corretor de confiança, poderá solicitar diretamente pra ele. Geralmente as imobiliárias já possuem corretor específico para isto, mas você não é obrigado a usar o corretor de seguros da imobiliária, pode acionar o seu de confiança.

O orçamento do seguro será informado pelo corretor de seguros após a aprovação cadastral, pois seu valor é personalizado para cada CPF em particular.

seguro aluguel

Como se pode pagar o Seguro Aluguel?

As formas de pagamento vão depender da seguradora que você contratar, mas de forma geral eles utilizam as seguintes:

  • À vista no débito em conta ou boleto; 
  • Em até 6 x sem juros no cartão de crédito; 
  • Em até 10 x com juros no cartão de crédito, débito em conta.
  • Em até 0+11 ou 1+11, com juros para imobiliárias cadastradas como para emissão de fatura (essa é a opção que vem descontado junto com o aluguel).

O inquilino pode não querer renovar o seguro?

Não.

A Lei do Inquilinato obriga o inquilino a apresentar uma garantia e do pagamento do Seguro Fiança. Se o seguro foi colocado no contrato, a renovação é obrigatória.

Qual Seguradora faz seguro fiança?

São várias as seguradoras, mas nossa corretora trabalha com a Porto Seguro e a Tokio Marine, grandes seguradoras desse mercado.

Qual a diferença entre o fiador e o seguro fiança?

O fiador é aquela pessoa que garante que vai honrar os as dívidas que o inquilino não pagar. Geralmente o fiador é alguém da família do inquilino, assim o fiador vai pagar o condomínio, aluguel, água, luz, entre outras coisas que o inquilino deixar de pagar.

Já o seguro fiança é como se uma seguradora ficasse no lugar no fiador, você pagará a seguradora uma quantia e eles ficarão de seu fiador naquele contrato de locação.

Quando posso acionar o seguro fiança?

Em caso de inadimplência, a comunicação é feita imediatamente à seguradora através do canal de atendimento ao cliente 0800. Quem aluga o imóvel não precisa negociar com o inquilino, basta que o inquilino fiquei dois meses inadimplente que já autoriza o acionamento do seguro.

Como funciona a fiança de um aluguel?

No caso da fiança no aluguel, uma terceira pessoa assegura o cumprimento da obrigação do inquilino, caso este deixe de pagar algo relacionado ao contrato de aluguel. Dessa forma, se o inquilino deixar de fazer os pagamentos acordados, o proprietário do imóvel poderá acionar o fiador para pagar a dívida.

Quanto tempo dura o Seguro fiança?

O tempo do seguro fiança é estipulado pelo mesmo tempo que durar o contrato de aluguel. Geralmente é estipulado no mínimo 1 ano, mas nada impede que seja menos ou mais tempo.

Quais os benefícios do seguro fiança para o inquilino?

O principal benefício par ao inquilino é o fato de não precisar ficar pedindo pra outra pessoa ser seu fiador, pois cada dia as pessoas se negam mais. Além de dispensar o fiador e assegurar o valor do aluguel, o seguro cobre todas as obrigações locatícias, como multas, encargos e danos ao imóvel.

Por ser mais seguro para os proprietários dos imóveis, vem tendo uma preferência pelo seguro fiança do que ter um fiador no contrato.

O que acontece se eu não pagar o seguro fiança?

Se ocorrer o término antecipado do contrato de locação, a apólice do seguro fiança será cancelada. Se não tiver ocorrido um sinistro, o valor pago à seguradora será devolvido de forma proporcional.Mas a seguradora deve comunicar ao proprietário do imóvel a falta de pagamento de qualquer parcela referente ao seguro.

Quem tem nome sujo pode fazer seguro fiança?

Sim. Mas pode acontecer de ter alguma aumento no valor do seguro, tendo em vista que a seguradora considera um risco maior em conceder o seguro para quem tem nome sujo.

O que é preciso para ser um fiador?

O fiador é uma pessoa que deve ter imóvel quitado em seu nome na mesma cidade em que o inquilino pretende alugar o imóvel. … Ser fiador envolve riscos financeiros e judiciais, como o de ter que pagar o aluguel para o inquilino inadimplente e até mesmo de ter seu imóvel penhorado. Qualquer pessoa física ou jurídica, desde que possua renda líquida superior a 3 vezes o aluguel mais os encargos da locação, como condomínio e IPTU. Além disso, ao menos um dos fiadores deve possuir patrimônio que deve ser, de preferência, um imóvel quitado.

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

seguro aluguel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *